(Parte 1 de 3)

Estagiário: Osmar Machado de Sousa Email: osmarufpa@gmail.com

Escola: E.E. E Médio Dr. Gaspar Vianacódigo MEC : 15127370

DADOS DA ESCOLA ONDE SERÁ REALIZADO O ESTÁGIO Endereço: folha 16 quadra especial Telefone: 33223956 Email: escolagasparvianna@hotmail.com Diretor (a): Augusto brito vera cruz PF° de física: Paulo Turma: 1º ano de física

[] Ensino Fundamental [x] Ensino Médio [ ] Ensino Superior

1 – EMENTA

Durante o ano letivo, iremos abordar os seguintes tópicos para o ensino de física no 1º ano: As grandezas do movimento: identificação, caracterização e estimativa de valores. Quantidade de movimento linear: variação e conservação. Leis e Newton. Trabalho e energia mecânica. Equilíbrio estático e dinâmico.

2 - JUSTIFICATIVA

história da humanidade. Não fosse bastante, a elegânciadas teorias físicas, a emoção dos detalhes

É de suma importância estudar Física, pois ela é uma ciência que tem como objeto de estudo o Universo, sua evolução, suas transformações e as interações que nele se apresentam. Por alguma razão, os fenômenos da natureza obedecem a equações matemáticas. O conhecimento físico construído ao longo do tempo encontra-se presente hoje nas tecnologias do setor produtivo e de nossas casas. Daí a sua importância para as práticas sociais contemporâneas, a compreensão da cultura produzida pelo homem, para entender a relevância histórica dessa produção dentro da em torno das idéias científicas, a grandeza dos princípios físicos, desafia a todos nós, professores estudantes, de compartilharmos, ainda que com pouco de Matemática , os conceitos e a evolução das idéias em Física. Presentes desde que o homem, por necessidade ou por curiosidade, passou a se preocupar com o estudo dos fenômenos naturais.

3 – OBJETIVOS GERAIS

Tomando por base a função imposta à escola atualmente, a disciplina de Física, juntamente com as demais disciplinas que compõe o currículo básico para o 1° ano do Ensino Médio, tem o dever de formar pessoas fazendo com que adquiram as competências que referencias para a aprendizagem: SER, RACIOCINAR e INTERAGIR. Ser no sentido curricular de acumular conhecimento. Raciocinar ao criar situações e/ou resolver situações problemas, aplicando e interpretando e compreendendo em amplo sentido em que conhecimento apreendido é utilizado. Interagir quando extrapolar o conhecimento adquirido e interpretado em praticas que melhorem seu ambiente e sociedade a sua volta.

Ao levar em conta estas competências as idéias predominantes em Educação estarão sendo contempladas. Pois há um currículo básico onde os conteúdos da componente curricular para o aluno ser. A organização das aulas e a seqüência dos conteúdos básicos fazem surgir à competência raciocinar. Ao raciocinar sobre as situações problemas em aula surgem formas de interação com o ambiente/sociedade a sua volta e com isso cria a possibilidade de elevar seu nível de conhecimento.

“Os sentidos se constituem através da linguagem e do universo natural em que nos situamos”. Esta frase do Rubem Alves trabalhada no planejamento 2009 mostra que para qualquer forma de aprendizagem, há uma interação entre o sujeito e o ambiente. Esta interação se dá através dos sentidos e se expressa através de uma linguagem, e existem várias. As ciências naturais e tecnologia, tenta criar uma linguagem cientifica e valida seus argumentos através de conceitos elaborados desde que a humanidade percebeu que os fenômenos naturais poderiam ser interpretados.

Um currículo baseado nas competências ser, raciocinar e interagir é capaz de fazer com que os alunos se apropriem das diversas linguagens para que compreendam o conteúdo, o interpretem em aulas situações (adicionais a da sala de aula) abrindo assim, a possibilidade da interação com o mundo em que vive. A partir do domínio de diversas linguagens é que poderemos avaliar se a pessoa em questão se tornou autônoma.

4 – OBJETIVOS ESPECÍFICOS

A componente curricular de Física, evidentemente, mantém presente como primordial as três competências básicas (Ser, Raciocinar e Interagir). O princípio é trazê-las vinculadas ao conhecimento desenvolvido e acumulado pelas ciências naturais e ao longo do tempo, desde que o homem iniciou suas explicações básicas para os fenômenos naturais observados. E desde que se utiliza destes conceitos para melhorar o ambiente em que vive, através das ferramentas e aparelhos criados a partir dos novos conceitos que conhecimentos gerados, que seria a aplicação destes conhecimentos.

O conhecimento acumulado ao longo dos anos é o fator determinante no currículo de Física, isto é o que embasa o conteúdo capaz de tornar o aluno. Vinculado a este conteúdo, estão as associações entre história, tecnologia, impactos ambientais, entre outros, que a ciência gerou durante seu desenvolvimento. Há uma forte presença do termo Ciência, Sociedade e Tecnologia e da interação entre os três termos. Ao associar a ciência e a sociedade analisamos os efeitos que a esta interação causou, os problemas criados e solucionados a partir de sua aplicação, ou seja, da tecnologia criada a partir dos conhecimentos científicos adquiridos.

Buscando uma rede mais especifica de competências (que vão além de ser, raciocinar e interagir), há a necessidade de delinear melhor o que devemos trabalhar. Não fugindo do propósito básico explicitado, abaixo há um quadro com as competências gerais e habilidade especifica com a qual se deve trabalhar a Área de Ciências da Natureza e suas Tecnologias:

Competências GeraisHabilidades gerais

5 - COMPETÊNCIAS E HABILIDADES: específicas

SER - Representar

- Comunicar-se

- Conviver

- Ler e expressar-se com textos, cifras, ícones, gráficos, tabelas e fórmulas. - Converter uma linguagem em outra

- Registrar medidas e observações - Descrever situações

- Planejar e fazer entrevistas

- Sistematizar dados - Elaborar Relatórios

- Participar de Reuniões

- Argumentar

- Trabalhar em grupo

RACIOCINAR - Investigar e intervir em situações reais - Formular questões

- Realizar observações

- Selecionar Variáveis

- Estabelecer relações

- Interpretar, propor e fazer experimentos - Fazer e verificar hipóteses

- Diagnosticar e enfrentar problemas individualmente ou em equipes

INTERAGIR - Estabelecer e dar contexto

- Relacionar informações e processos com seus contextos e com diversas áreas do conhecimento

- Identificar dimensões sociais, éticas e estéticas em questões técnicas e científicas

- Analisar o papel da ciência e da tecnologia no presente e ao longo da história

Tabela 1 – Competências e habilidades a serem contempladas pelas Ciências da Natureza e suas Tecnologias

Relacionado estas habilidades e competências, que os alunos tomarão contato ao longo do 1° ano do

Ensino Médio, com o conteúdo de da componente curricular Física, que compreende as áreas tradicionalmente chamadas Mecânica,. É possível ampliar os objetivos educacionais no sentido de uma aprendizagem significativa, incorporando novas informações de forma não arbitraria ao conhecimento que os alunos já têm assimilado. Esta ampliação pode ser dada por três rumos a serem seguidos:

A – Na perspectiva de sua construção histórica, e não meramente de sua exploração conceitual ou meramente “formalística”, pois amplia o valor e o sentido dos conteúdos em sala de aula;

B – Nas conexões que se estabelecem da Física com as necessidades e desafios da sociedade moderna, pois despertam a motivação e o interesse do aprendiz;

C – Na tomada dos fenômenos físicos como desafios, pois estimulam a imaginação a se superar, gerando o prazer de aprender e o gosto pela ciência.

6 – CONTEÚDO

Para forçar a aprendizagem significativa, ou seja, a que ocorra de forma não arbitrária, afim de que o aprendiz assimile o conteúdo de modo a relacionar com o seu mundo, deve-se alterar a estrutura dos tópicos correspondente ao currículo o que passa pela seguinte transformação:

Mecânica passa a ser Movimentos: variações e conservações e Universo, Terra e Vida. Onde se assimila as leis de regularidades submetidas aos princípios de conservação, e adquirir uma concepção sobre a posição do homem em relação ao seu lugar no universo.

Assim ficam estabelecidos os grandes temas a serem trabalhados durante o 1° ano do Ensino Médio, de um modo sucinto abaixo.

Tema Conteúdos Gerais Conteúdos Específicos

1º A N O

Movimento s: variações e Conservaçõ es

(Parte 1 de 3)

Comentários