394272junia lessa 46-2009-Manual-Normas-8-Edicao-Revista-Miolo

394272junia lessa 46-2009-Manual-Normas-8-Edicao-Revista-Miolo

(Parte 1 de 4)

Manual para Normalização de Publicações Técnico-Científicas

2009_1_MANUAL_NORMAS_8_EDICAO_REVISTA_pretextuais.indd 121/5/2009 09:26:56

2009_1_MANUAL_NORMAS_8_EDICAO_REVISTA_pretextuais.indd 221/5/2009 09:26:56 2009_1_MANUAL_NORMAS_8_EDICAO_REVISTA_pretextuais.indd 221/5/2009 09:26:56

Júnia Lessa França Ana Cristina de Vasconcellos

Colaboração

Maria Helena de Andrade Magalhães Stella Maris Borges

Manual para Normalização de Publicações Técnico-Científicas

8ª edição revista por Júnia Lessa França e Ana Cristina de Vasconcellos

Belo Horizonte Editora UFMG 2009

2009_1_MANUAL_NORMAS_8_EDICAO_REVISTA_pretextuais.indd 321/5/2009 09:26:56

© 1990, Júnia Lessa França e outras 1990, Editora UFMG 1992 - 2. ed.; 1996 - 3. ed.; 1998 - 4. ed.; 2001 - 5. ed.; 2001 - 5. ed. em Braille; 2003 - 6. ed.; 2004 - 7. ed.; 2007 - 8. ed.; 2008 - 1ª reimpressão; 2009 - 8. ed. revista

Este livro ou parte dele não pode ser reproduzido por qualquer meio sem autorização escrita do Editor

EDITORAÇÃO DE TEXTO e REVISÃO DE PROVAS Ana Maria de Moraes NORMALIZAÇÃO BIBLIOGRÁFICA Júnia Lessa França (FALE) e Ana Cristina de Vasconcellos (FALE)

REVISÃO DE PROVAS 8ª EDIÇÃO REVISTA Michel Gannam ATUALIZAÇÃO ORTOGRÁFICA Karen M. Chequer PROJETO GRÁFICO e FORMATAÇÃO DE MIOLO 9ª EDIÇÃO Cássio Ribeiro MONTAGEM DE CAPA Cássio Ribeiro, a partir do projeto gráfico de Roberto Marques PRODUÇÃO GRÁFICA Warren Marilac

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS Reitor Ronaldo Tadêu Pena Vice-Reitora Heloisa Maria Murgel Starling

EDITORA UFMG Diretor Wander Melo Miranda Vice-Diretora Silvana Cóser

CONSELHO EDITORIAL Wander Melo Miranda (presidente) Carlos Antônio Leite Brandão Juarez Rocha Guimarães Márcio Gomes Soares Maria das Graças Santa Bárbara Maria Helena Damasceno e Silva Megale Paulo Sérgio Lacerda Beirão Silvana Cóser

EDITORA UFMG Av. Antônio Carlos, 6627 Ala direita da Biblioteca Central Térreo Campus Pampulha CEP: 31270-901 Belo Horizonte/MG Tel +5 31 3409-4650 Fax +5 31 3409-4768 w.editora.ufmg.br editora@ufmg.br

F814m França, Júnia Lessa.

Manual para normalização de publicações técnico-científicas / Júnia Lessa França,

Ana Cristina de Vasconcellos ; colaboração: Maria Helena de Andrade Magalhães, Stella Maris Borges. - 8. ed. rev. - Belo Horizonte: Ed. UFMG, 2009. 257 p. (Aprender)

1. Documentação - NormalizaçãoI. Vasconcellos, Ana Cristina de.
I. Magalhães, Maria Helena de AndadeII. Borges, Stella Maris. IV. Título.

Ficha catalográfica elaborada pela CCQC - Central de Controle de Qualidade da Catalogação da Biblioteca Universitária da UFMG

2009_1_MANUAL_NORMAS_8_EDICAO_REVISTA_pretextuais.indd 421/5/2009 09:26:56 lisTa de figuras

2009_1_MANUAL_NORMAS_8_EDICAO_REVISTA_pretextuais.indd 521/5/2009 09:26:56

41 Tabela longa (dividida e colocada em páginas confrontantes) 124 42 Continuação da tabela anterior 125

43 Tabela mais larga do que a página (arranjada no sentido vertical) 126 4 Tabela longa (desmembrada em seções e arranjada na mesma página) 127 45 Índice arranjado alfabeticamente 204

2009_1_MANUAL_NORMAS_8_EDICAO_REVISTA_pretextuais.indd 621/5/2009 09:26:56 suMÁriO

PREFáCio à 8ª Edição REViSTA 13

Parte I RECoMENdAçÕES PARA PUBLiCAçÕES ESPECÍFiCAS

1LiVRoS 16
1.1Estrutura 16
1.1.1Elementos materiais 17
1.1.2Elementos pré-textuais 18
1.1.3Elementos textuais 21
1.1.4Elementos pós-textuais 2
1.2Elementos de apoio e localização 24
1.3Publicações oficiais - autoria 25
2TRABALHoS ACAdêMiCoS: monografias, dissertações, teses e memoriais 3
2.1Monografias 34
2.1.1Estrutura 35
2.2dissertações e teses 35
2.2.1Estrutura 37
2.3Memoriais 43
2.3.1Estrutura 4
3RELATÓRioS TéCNiCo-CiENTÍFiCoS 50
3.1Fases de um relatório 50
3.2Estrutura 51

2.2.1.1 Elementos pré-textuais 38 2.2.1.2 Elementos textuais 41 2.2.1.3 Elementos pós-textuais 42 2009_1_MANUAL_NORMAS_8_EDICAO_REVISTA_pretextuais.indd 721/5/2009 09:26:56

4.1Estrutura 57
4.1.1Elementos essenciais 58
4.1.2Elementos complementares 59
5PUBLiCAçÕES PERiÓdiCAS 60
5.1Estrutura 60
5.1.1Elementos materiais 61
5.1.2Elementos pré-textuais 62
5.1.3Elementos textuais 64
5.1.4Elementos pós-textuais 64
5.2orientações gerais 65
5.2.1Legenda bibliográfica 65
5.2.2Título 6
5.2.3Numeração 6
5.2.4Volume e fascículo 67
5.2.5Suplemento 68
5.2.6Índice 68
6ARTiGoS dE PUBLiCAçÕES PERiÓdiCAS 71
6.1Estrutura 71
6.1.1Elementos pré-textuais 72
6.1.2Elementos textuais 72
6.1.3Elementos pós-textuais 74
7PLANEJAMENTo E PRoJEToS 78
7.1Estruturas 79
7.1.1Elementos pré-textuais 81
7.1.2Elementos textuais 82
7.1.3Elementos pós-textuais 85
7.2itens específicos à estrutura de projetos de serviços 86

4 GUiA dE BiBLioTECAS E oUTRAS UNidAdES iNFoRMACioNAiS 57 2009_1_MANUAL_NORMAS_8_EDICAO_REVISTA_pretextuais.indd 821/5/2009 09:26:56

Parte I RECoMENdAçÕES APLiCáVEiS AoS diVERSoS TiPoS dE PUBLiCAçÕES

8RESUMo E RECENSão 90
8.1Resumo 90
8.1.1Extensão 91
8.1.2Estilo de redação e conteúdo 91
8.1.3Língua 91
8.2Recensão 92
9NUMERAção PRoGRESSiVA dAS SEçÕES dE UM doCUMENTo 96
9.1Estrutura 96
9.2Apresentação 96
10SUMáRio 9
10.1Apresentação 9
10.2Localização 100
10.3Numeração das seções 101
1ABREViATURAS E SiGLAS 107
12iLUSTRAçÕES 110
12.1Figuras 110
12.2Gráficos 114
12.3Tabelas e quadros 115

12.1.1 Apresentação 110 12.1.2 Localização 112 12.1.3 disposição 112 12.3.1 Títulos e numeração 115

2009_1_MANUAL_NORMAS_8_EDICAO_REVISTA_pretextuais.indd 921/5/2009 09:26:56

12.3.2 Corpo da tabela 116 12.3.3 Abreviaturas e símbolos 118 12.3.4 Unidade de medida 119 12.3.5 Notas de rodapé das tabelas e dos quadros 119 12.3.6 Localização das tabelas e dos quadros 120 12.3.7 disposição das tabelas 121

13NUMERAiS 128
14CiTAçÕES 130
14.1Citação direta (textual) 130
14.2Citação indireta (livre) 132
14.3Citação de citação 133
14.4Textos ensaísticos ou literários 134
14.5Citação de informações extraídas das redes de comunicação eletrônica 141
15NoTAS dE RodAPé 144
15.1Apresentação 145

15.1.1 Notas de referência 145 15.1.2 Notas explicativas 149

16REFERêNCiAS 152
16.1Conceitos 152
16.2Transcrição dos elementos que compõem as referências 153

16.2.1 Formas de entrada 153

2009_1_MANUAL_NORMAS_8_EDICAO_REVISTA_pretextuais.indd 1021/5/2009 09:26:56

16.3Apresentação de referências 162

16.2.8 descrição física 161

16.3.1 Publicações avulsas consideradas no todo, no formato convencional e no eletrônico 162 16.3.2 Partes de publicações avulsas, no formato convencional e no eletrônico 171 16.3.3 Publicações periódicas consideradas no todo, no formato convencional e no eletrônico 175 16.3.4 Partes de publicações periódicas, no formato convencional e no eletrônico 176 16.3.5 Referências com notas especiais 181

16.3.6 Referências de materiais especiais, no formato convencional e no eletrônico 186 16.3.7 documentos de acesso exclusivo em meio eletrônico 195

17ÍNdiCE 198
17.1Arranjo 198
17.2Conteúdo 198
17.3Forma 199
17.4Localização 200
17.5Elaboração de índice de assunto 200
17.6Pontuação e indicativo de localização 201
17.7Normalização de termos usados 201
17.8Remissivas 202
18APRESENTAção GRáFiCA 207
18.1digitação 207
18.2Apresentação 210
18.3Titulação 213

18.2.1 Citações 210 18.2.2 Notas de rodapé 211 18.2.3 Referências 211 18.2.3.1 ordenação das referências 212 18.3.1 Capítulos e seções secundárias 214

2009_1_MANUAL_NORMAS_8_EDICAO_REVISTA_pretextuais.indd 1121/5/2009 09:26:56

18.4Espaçamentos 215
18.5Paginação 215
18.6Título corrente 216
18.7Equações e fórmulas 217
18.8Lombadas 217

18.3.2 ilustrações 214 18.4.1 Título e texto 215 18.4.2 Sumário 215 REFERêNCiAS 220

ANExo A - Registro de publicações: direitos autorais, iSBN, iSSN 226 1 direitos autorais 226

ANExo B - Concessão de patentes232

ANExo C - Relação das normas da ABNT sobre documentação e seus objetivos 235 ANExo d - Abreviatura dos meses 240

ÍNdiCE 241

2009_1_MANUAL_NORMAS_8_EDICAO_REVISTA_pretextuais.indd 1221/5/2009 09:26:56

PrefÁCiO à 8ª ediçãO

De 1990, em sua primeira edição, a 2009, já na oitava, o Manual para Normalização de Publicações Técnico-Científicas vem refletindo e tentando acompanhar a evolução das publicações científicas.

Inicialmente preocupado apenas com a padronização da produção científica da UFMG, hoje já consagrado e reconhecido nacionalmente como uma publicação relevante da área, o Manual passou a integrar bibliografias de concursos públicos e a ser adotado por diversas Universidades brasileiras nos seus cursos de graduação e pós-graduação. Assim, acentuou-se o compromisso da equipe responsável por sua edição em mantê-lo permanentemente atualizado. Por essa razão, faz-se necessária a publicação de novas edições sempre que as normas oficiais são revisadas ou mesmo quando uma edição se esgota.

Como não houve nenhuma nova edição das normas da

ABNT sobre documentação entre 2007 e 2009, esta edição teve como foco principal uma revisão geral em todos os capítulos, com adequação e inclusão de novos exemplos e aprimoramento da redação, objetivando uma linguagem mais didática.

Procuramos, como sempre temos feito, enriquecer o

Manual com novos exemplos, novos casos que nos são apresentados com frequência pelos colegas de profissão, pela nossa prática diária com a normalização dos trabalhos acadêmicos, principalmente, e pelas questões trazidas pelos nossos usuários.

Aproveitamos para expressar aqui nossos agradecimentos a essas pessoas, com as quais dividimos nossa satisfação pela “vida longa” e credibilidade deste trabalho junto ao público em geral.

As Autoras

2009_1_MANUAL_NORMAS_8_EDICAO_REVISTA_pretextuais.indd 1321/5/2009 09:26:56

2009_1_MANUAL_NORMAS_8_EDICAO_REVISTA_pretextuais.indd 1421/5/2009 09:26:56 2009_1_MANUAL_NORMAS_8_EDICAO_REVISTA_pretextuais.indd 1421/5/2009 09:26:56

Parte I

Recomendações paRa publicações específicas

2009_2_MANUAL_NORMAS_8_EDICAO_REVISTA_parte_1.indd 1521/5/2009 09:28:39

1 LIVROS1

Livros são publicações avulsas, contendo no mínimo cinquenta páginas impressas, grampeadas, costuradas ou coladas e revestidas de capa. Os livros e folhetos recebem uma numeração internacional padronizada (ISBN). Segundo a NBR 6029, as publicações contendo de cinco a quarenta e nove páginas são chamadas de folheto.

As publicações de responsabilidade de órgãos governamentais são chamadas Publicações Oficiais e devem ser apresentadas conforme as instruções no final deste capítulo.

1.1 Estrutura

Os livros contêm elementos: materiais, relativos à sua estrutura física; pré-textuais, que antecedem o texto; textuais, relativos ao seu conteúdo e pós-textuais, conforme quadro abaixo:2 elemenTos maTeRiais

- sobrecapa - capa

- folhas de guarda

- lombada ou dorso da publicação - orelhas elemenTos pRÉ-TeXTuais

- falsa folha de rosto - folha de rosto

- dedicatória

- agradecimentos

- epígrafe

- listas

- errata

- sumário

- prefácio e/ou apresentação elemenTos TeXTuais

- texto (introdução, desenvolvimento e conclusão) - elementos de apoio e localização elemenTos pÓs-TeXTuais

- posfácio - referências

- glossário

- apêndice

- anexo

- índice

- colofão fiGuRa 1 - estrutura de livros capítulo baseado na nbR 6029 (abnT, 2006a). os elementos apresentados em negrito caracterizam-se como essenciais à publicação; os demais são condicionados à necessidade do texto.

2009_2_MANUAL_NORMAS_8_EDICAO_REVISTA_parte_1.indd 1621/5/2009 09:28:39

17li VR os

1.1.1 Elementos materiais a) sobrecapa proteção para a capa em papel ou outro material, constituída de primeira e quarta capas e orelhas. Deve incluir as mesmas informações contidas na capa; b) capa proteção externa das publicações. A capa pode ser feita de material flexível (brochura) ou rígido (cartonado ou encadernado). “A primeira e a quarta capas são as faces externas da publicação. A segunda e a terceira capas são as faces internas ou verso da primeira e quarta capas, respectivamente”, de acordo com a NBR 6029 (ABNT, 2006a, p. 2).

As capas devem trazer os seguintes elementos impressos:

– primeira capa

• editora e/ou logomarca,

– segunda e terceira capas • não devem conter material de propaganda,

– quarta capa ou contracapa

c) folhas de guarda folhas inseridas no início e no fim do livro para fixar o miolo às capas feitas de material rígido (encadernados) e não devem trazer nenhuma informação impressa;

2009_2_MANUAL_NORMAS_8_EDICAO_REVISTA_parte_1.indd 1721/5/2009 09:28:39

18manual paRa noRmalização de publicações TÉcnico-cienTíficas d) lombada ou dorso da publicação lado externo do livro onde fica a costura, que reúne as margens internas ou dobras das folhas, oposta ao corte das páginas. Deverá indicar: nome(s) do(s) autor(es), título da publicação, abreviado ou não, logomarca da editora e outros elementos de identificação, como volumes, fascículos, tomos, datas (FIG. 2). Para apresentação de lombadas, consultar o capítulo 18 deste Manual; e) orelhas abas ou extremidades, excedentes da sobrecapa e/ou capa que se “dobram” sobre si mesmas, para dentro. Podem incluir in formações biográficas e/ou bibliográficas sobre o autor, comentários sobre o documento (tipo de leitor a que se destina, faixa etária).

O conteúdo de uma publicação constitui-se de elementos pré-textuais, textuais e pós-textuais, que devem figurar na seguinte ordem:

1.1.2 Elementos pré-textuais a) falsa folha de rosto folha opcional que precede a folha de rosto e contém no anverso o título e o subtítulo da publicação, centralizados na página; no verso deve conter informações relativas à série a que pertence o livro (FIG. 4); b) folha de rosto folha obrigatória que contém os elementos essenciais de identificação da publicação (FIG. 5). Edições fac- similadas ou com texto em mais de uma língua, podem incluir mais de uma folha de rosto. Para obras em mais de um volume, a folha de rosto do primeiro deve conter as informações comuns à obra como um todo, e cada volume deve incluir também as informações específicas dele.

No anverso da folha de rosto, aparecem os seguintes elementos:

– autor: nome completo do autor e/ou autores individuais ou entidades, editores responsáveis, organizadores, tradutores, compiladores, adaptadores, prefaciadores, seguidos de seus respectivos títulos, na mesma língua do texto,

2009_2_MANUAL_NORMAS_8_EDICAO_REVISTA_parte_1.indd 1821/5/2009 09:28:39

19li VR os

– título: deverá ser colocado no centro da página em fonte maior do que a utilizada para o nome do autor. Caso haja subtítulo, será diferenciado tipograficamente do título. Obra em vários volumes deve ter um título geral e cada volume pode ter um título específico,

– edição: conjunto de exemplares de uma obra impressos na mesma ocasião, podendo ser reproduzido em uma ou mais tira gens, sem nenhuma alteração. Indica-se o número da edição a partir da segunda,

– número de volumes: indicação da quantidade de partes de que se compõem publicações de conteúdo muito extenso. As ins truções sobre a utilização da obra em geral devem constar do primeiro volume, e as informações específicas devem ser repetidas no início dos volumes correspondentes,

– notas tipográficas: indicações de local(is), editora(s) e data da publicação, nesta ordem, centradas uma em cada linha, na parte inferior da página.

O verso da folha de rosto (FIG. 6) inclui os seguintes elementos:

– registro do nome do detentor dos direitos autorais ou editoriais (copyright), antecedido pelo símbolo ©,

– informações sobre autorização de reprodução do livro ou parte dele,

– título original da obra (quando tradução), número e data da edição da qual se fez a tradução, data de edições anteriores ou de copyright da obra original,

– registro de informações sobre outros suportes em que a publicação possa estar disponível,

– ficha catalográfica3 impressa no terço inferior da página e elaborada conforme o Código de Catalogação

Anglo-Americano vigente;ficha contendo elementos identificadores da publicação, tais como: nome do autor, título, edição, local de publicação, editora, data, paginação, isbn (international book number) número identificador do livro em âmbito internacional (anexo a), assunto e notas complementares.

2009_2_MANUAL_NORMAS_8_EDICAO_REVISTA_parte_1.indd 1921/5/2009 09:28:39

20manual paRa noRmalização de publicações TÉcnico-cienTíficas

– créditos: nome e endereço da editora/editor, incluindo correio eletrônico e home page; créditos institucionais; comissão científica, técnica ou editorial; créditos técnicos (projeto gráfico, normalização, copidesque, revisão, diagramação, formatação, capa e ilustrações); órgão de fomento; nome e endereço da distribuidora e outras informações a critério do editor,

– relação de edições e reimpressões anteriores, com os respectivos editores e datas, c) dedicatória texto, geralmente curto, no qual o autor presta alguma homenagem ou dedica seu trabalho a alguém; d) agradecimentos manifestação de reconhecimento a pessoas e instituições que, de alguma forma, colaboraram para a execução do trabalho. Os agradecimentos podem constar também no prefácio; e) epígrafe citação de um pensamento que, de certa forma, embasou a gênese da obra. Pode ocorrer também no início de cada capítulo ou partes principais;

Obs.: dedicatória, agradecimentos e epígrafe são elementos opcionais, ficando a critério do autor a sua inclusão. caso ocorram, devem aparecer separadamente, em páginas ímpares.

f) listas rol de elementos ilustrativos ou explicativos. Dependendo das características do documento, podem ser incluídas as seguintes listas:

– lista de ilustrações: relação de gráficos, quadros, fórmulas, lâminas, figuras (desenhos, gravuras, mapas, fotografias), na mesma ordem em que são citadas na publicação, com cada ilustração designada por seu tipo e a indicação da página onde estão localizadas. O capítulo 1 normaliza a apresentação das ilustrações (FIG. 39),

– lista de tabelas: relação numérica das tabelas na mesma ordem em que se sucedem no texto, com indicação

2009_2_MANUAL_NORMAS_8_EDICAO_REVISTA_parte_1.indd 2021/5/2009 09:28:39

(Parte 1 de 4)

Comentários