Distúrbio de Leitura e Escrita

Distúrbio de Leitura e Escrita

DISTÚRBIO DE LEITURA E ESCRITA

  • Acadêmicos:

  • Bruna Alencar

Distúrbio de Leitura e Escrita

  • A escrita é uma forma de comunicação, e existe para o indivíduo a partir do momento em que este já pode ler.

  • Quando o indivíduo se depara com sinais gráficos que não pode ler a comunicação perde sua função.

  • A leitura tem a função de tornar a escrita significativa e deve ser valorizada no processo de alfabetização, pois é uma prática social.

O que é Distúrbio de Leitura e Escrita

  • O distúrbio de leitura e escrita é caracterizado pela dificuldade na aquisição e/ou desenvolvimento da linguagem escrita.

  • Geralmente são crianças que apresentam déficits tanto na decodificação fonológica quanto de compreensão da linguagem oral e/ou escrita.

Características

  • As manifestações são evidentes durante o aprendizado da leitura e escrita, nos anos pré-escolares.

  • Podem aparecer alguns sinais de dificuldades mais amplas de linguagem tais como vocabulário pobre, uso inadequado da gramática e dificuldades no processamento fonológico.

Características

  • Podem demonstrar dificuldades em manter a atenção e narrar fatos e acontecimentos, e problemas de compreensão do discurso, com freqüência, apresentam uma relação de sofrimento com a escrita;

  • Desinteresse pelas atividades de leitura e escrita, desconhecimento a cerca de suas funções, frustrações e inseguranças geradas pelos erros que cometem enquanto leitor e escritor;

OBS.:

  • Os distúrbios de leitura e escrita têm causas variadas, podendo ser orgânicas, psicológicas, pedagógicas ou sócio-culturais.

Fonoaudiólogo X

  • O fonoaudiólogo atua nesta área promovendo o entendimento da funcionalidade da escrita e da leitura;

  • E no estabelecimento de uma relação satisfatória e prazerosa na elaboração, interpretação e organização de textos;

Comentários