slide

slide

Universidade Federal de Pernambuco

Curso: Fonoaudiologia

Disciplina: Biofísica

Prof: Abel Neto

Equipe: Acácia Barros

Amannda Sales

Evaneth Duarte

Gabriela Nobre

Jeyse Soares

Milena Nascimento

Priscila Ribeiro

Biofísica da Fonação

Biofísica da Fonação

A fala e o canto são os meios de comunicação mais evoluídos do homem.

A voz humana desempenha um papel fundamental na integração do homem como ser social.

Biofísica da Fonação

Tipos de sons:

  • Sons Articulados: Fala e Canto

  • Sons Não Articulados: Riso, Tosse, Choro, Grito, etc.

Aparelho Fonador do Homem

  • Fossas Nasais

  • Boca e Anexos

  • Faringe

  • Úvula

Aparelho Fonador do Homem

Aparelho Fonador do Homem

  • Laringe

Na laringe são encontradas

as pregas vocais.

Aparelho Fonador do Homem

  • Traquéia, brônquios e bronquíolos;

  • Pulmões;

  • Músculos da parede torácica, diafragma e

músculos abdominais;

  • Centros nervosos coordenados

da fala e do canto;

  • Centros nervosos do controle da respiração.

A produção da voz

Vibração das pregas vocais

  • O som gerado nas pregas vocais é

produzido pela fragmentação da corrente

de ar expirada.

  • Assemelha-se a instrumentos de sopro de palheta.

A produção da voz

Fatores biofísicos que interferem na vibração das pregas vocais:

  • Gradiente de pressão;

  • Elasticidade das pregas vocais;

  • Tensão das pregas vocais;

  • Efeito Venturi.

Produção da Voz

Fatores que alteram a Voz

  • Cavidades Ressonantes

    • Cavidades bucal, nasal, faríngea e laríngea;

Timbre da voz pode ser modificado de acordo com a

mudança da forma dos ressonadores da fala.

  • Massa das pregas vocais

    • Testosterona;
    • Crescimento.

Fala Articulada

  • Produzida na boca;

  • Sons produzidos de forma paralela;

  • A intensidade da voz depende da energia cinética da corrente de ar que passa pelas vias respiratórias.

Funções da Laringe

  • Respiração;

  • Circulação;

  • Fixação;

  • Proteção;

  • Deglutição;

  • Tosse;

  • Expectoração.

Disfunções da Laringe

    • Disfonias

Doenças nas pregas vocais:

        • Paralizia dos músculos laríngeos;
        • Formações expansivas (nódulos, pólipos).
    • Disfagia

Lesão da laringe:

        • Laringite Tuberculosa

Os Fonemas

As menores unidades sonoras que compõem a fala e o canto.

  • Vogais

    • Fonemas sonoros gerados na laringe.
  • Semivogais

    • Fonemas i ou u átonos.
  • Consoantes

    • São ruídos. Fonemas gerados na boca.

Classificação dos Sons da Fala

  • As Vogais

  • As Consoantes

As Vogais

Elemento básico e indispensável à formação da sílaba

      • Zona de Articulação:
        • Média: a
        • Anteriores: é, ê, i
        • Posteriores: ó, ô, u

Zona de Articulação

As Vogais

      • Ressoador Principal:
        • Oral: a, é, ê, i, ó, ô, u.
        • Nasal: a, e, i, o, u.
      • A Intensidade:
        • Tônicas: maior intensidade;
        • Subtônica: média intensidade;
        • Átona: fracamente pronunciada.
      • O Timbre.
        • Abertas: a, é, ó;
        • Fechadas: ê, ô, i, u.
        • Reduzidas: as voais átonas orais ou nasais.

As Consoantes

  • Modo de Articulação:

    • Oclusivas;
    • Construtivas:
      • Fricativas;
      • Vibrantes;
      • Laterais.
  • Ponto de Articulação:

    • Bilabiais: p, b, m.
    • Labiodentais: f, v.
    • Linguodentais: t, d.
    • Língua e alvéolos: s, z, l, n.
    • Palatais: j, g, x, lh, nh.
    • Velares: c (k), q, g (guê).
  • Vibração:

    • Sonoras;
    • Surdas.
  • Ressoador Principal:

    • Orais: t, b, p;
    • Nasais: m, n, nh.

O Controle da Voz

  • O centro da voz se encontra no córtex, que se situa anteriormente em relação ao sulco Terminal incisura de Roland.

  • Dali partem impulsos nervosos que modificam o estado dos músculos responsáveis

      • Respiração;
      • Tensão das pregas vocais;
      • Movimento das paredes da boca e cavidade nasal.

O Controle da Voz

O Controle da Voz

  • Co-articulação;

  • Entonação;

  • Otimização;

  • Modelagem do controle da voz;

  • Audição e Fala;

  • Restauração Fonética;

  • Sombreamento;

Produção Inteligente da fala e do canto:

  • Planejamento;

  • Programação

  • Execução;

  • Controle;

Distúrbios da voz e da fala

  • Afasia: Distúrbios de planejamento. Lesão no lobo temporal esquerdo (área de Brocca).

  • Apraxias: alteração da programação. Lesão na área motora secundária;

  • Disartrias: Anormalidade da execução. Lesão no córtex motor primário, ou nos nervos cranianos orofaciais.

  • Afonia: incapacidade de emitir som devido paralisia das pregas vocais.

Fim! Biofísica – Eduardo A.C Garcia

Comentários