Amplitude do Movimento

Amplitude do Movimento

AMPLITUDE DE MOVIMENTO

  • Cinesioterapia

  • Prof. Rony Inácio

Amplitude de Movimento – Mobilizações passivas, ativo-assistidas e ativas.

  • O movimento completo de uma articulação é chamado de ADM;

  • O movimento de uma articulação, ou seja, de um osso se movimentando em relação ao outro é gerado de duas formas:

    • Pela contração dos músculos que cruzam a articulação;
    • Por uma força externa aplicada movimentando a articulação.

  • Para trabalhar a ADM é necessário o conhecimento de alguns termos da biomecânica:

    • Insuficiência ativa;
    • Insuficiência passiva;
    • Relação comprimento tensão.

  • Para que uma articulação mantenha sua ADM normal (completa) é necessário que tanto as estruturas articulares como musculares sejam movimentadas periodicamente.

    • Estruturas articulares > movimento > produção do líquido sinovial > lubrificação da articulação e nutrição da cartilagem articular > mantém a integridade articular.
    • Estruturas musculares > movimento > mantém a contratilidade, a elasticidade e a extensibilidade do tecido muscular.
    • Integridade articular, elasticidade, contratilidade, extensibilidade muscular são necessários para que haja ADM normal de uma articulação.

A diminuição da ADM de uma articulação pode ser causada por:

    • Doenças sistêmicas;
    • Doenças articulares;
    • Doenças musculares;
    • Agressões cirúrgicas;
    • Agressões traumáticas;
    • Inatividade ou imobilização.

Tipos de exercícios de ADM:

  • Passivo:

    • Movimento da articulação produzido inteiramente por uma força externa, ou seja, não há contração muscular produzindo o movimento articular.
    • Força externa: outra pessoas, aparelho, ação da gravidade, outra parte do corpo da própria pessoa.

  • Ativo:

    • Movimento da articulação produzido pela contração ativa dos músculos que cruzam a articulação.
  • Ativo-assistido:

    • Movimento ativo da articulação, porém completado por uma força externa, manual ou mecânica, devido a uma insuficiência dos músculos para completar o movimento.

INDICAÇÕES, METAS E LIMITAÇÕES DOS EXERCÍCIOS DE ADM:

ADM PASSIVA

  • Indicações:

    • Em casos onde a pessoa é incapaz de produzir a ADM ativa por paralisia muscular (força grau 0), por fraq ueza muscular grave (força grau 1) ou quando a ADM é dolorosa.
  • Metas:

    • Manter a integridade da artic e tecidos moles;
    • Evitar formação de contraturas;
    • Manter a elasticidade dos músculos;
    • Assistir a circulação, evitando a formação de trombos;

    • Melhorar o movimento sinovial para nutrir as cartilagens articulares;
    • Diminuir ou inibir dor;
    • Auxiliar o processo de cicatrização após cirurgia e evitar aderências;
    • Ganhar e/ou manter a ADM da articulação.
  • Limitações: a ADM passiva não serve para:

    • Prevenir atrofia muscular;
    • Ganhar força ou resistência muscular.

ADM ATIVO-ASSISTIDA

  • Indicações:

    • Em casos onde a pessoa tem a ADM ativa porém não consegue completar a ADM.
  • Metas:

    • Idem às da ADM passiva;
    • Ganho de força muscular em músculo com grau de força 2, e as vezes com grau 1;
    • Manutenção do trofismo.

ADM ATIVA

  • Indicações:

    • Em casos onde a pessoa tem a ADM ativa completa da articulação.
  • Metas:

    • Idem às da ADM passiva;
    • Manutenção da força muscular em músculo com grau de força 3.

Comentários