matematica basica

matematica basica

(Parte 1 de 9)

Matemática SUMÁRIO

ABERTURA13
APRESENTAÇÃO13
ANTES DE COMEÇAR13
OBJETIVO E CONTEÚDO13
ATIVIDADES14
SEÇÕES14
MATERIAL15
BIBLIOGRAFIA15
NAVEGAÇÃO16
PROFESSOR-AUTOR17
EQUIPE DE PRODUÇÃO17
SUPORTE18
MÓDULO 119
APRESENTAÇÃO19
UNIDADE 1 – FRAÇÕES19
1.1 CONCEITUAÇÃO19
1.1.1 EXEMPLO20
1.2 FRAÇÕES EQUIVALENTES20
1.2.1 SIMPLIFICAÇÃO DAS CONTAS20
1.2.2 EXEMPLOS20
1.3 LEITURA21
1.4 ADIÇÃO21
1.4.1 EXERCÍCIO2
1.4.2 MAIS DE DUAS FRAÇÕES2
1.4.2.1 EXERCÍCIO2
1.5 MULTIPLICAÇÃO2
1.5.1 EXERCÍCIOS23
1.5.2 DENOMINADORES DIFERENTES23
1.5.3 MAIS DE DUAS FRAÇÕES23
1.5.3.1 EXERCÍCIOS23
1.6 DIVISÃO24
1.7 FRAÇÕES PRÓPRIAS VERSUS FRAÇÕES IMPRÓPRIAS24
1.7.1 FRAÇÃO IMPRÓPRIA24
1.7.1.1 EXERCÍCIO24
1.8 EXEMPLO25
1.9 SÍNTESE25
UNIDADE 2 – CONJUNTOS NUMÉRICOS25
2.1 NÚMEROS NATURAIS E INTEIROS25
2.2 NÚMEROS RACIONAIS25
2.2.1 DECIMAIS E DÍZIMA PERIÓDICA26
2.2.1.1 EXEMPLO 126

SUMÁRIO 2.2.1.2 EXEMPLO 2 ...................................................................................................................................................................27

2.2.1.3 EXERCÍCIOS27
2.3 NÚMEROS IRRACIONAIS27
2.4 NÚMEROS REAIS27
2.5 SÍNTESE28
UNIDADE 3 – POTENCIAÇÃO E RADICIAÇÃO28
3.1 CONCEITUAÇÃO28
3.2 POTENCIAÇÃO29
3.2.1 PROPRIEDADES29
3.3 RADICIAÇÃO31
3.3.1 PROPRIEDADES31
3.3.2 EXEMPLOS32
3.4 SÍNTESE3
UNIDADE 4 - RAZÃO E PROPORÇÃO3
4.1 RAZÃO3
4.1.1 EXEMPLO 134
4.1.2 EXEMPLO 234
4.2 PROPORÇÃO35
4.2.1 PROPORÇÃO E FRAÇÕES EQUIVALENTES35
4.2.2 PROPORÇÃO DIRETA35
4.2.2.1 EXEMPLO36
4.2.3 PROPORÇÃO INVERSA36
4.3 SÍNTESE37
UNIDADE 5 – PORCENTAGEM37
5.1 CONCEITUAÇÃO37
5.1.1 EXEMPLO 138
5.1.2 EXEMPLO 238
5.1.3 EXEMPLO 339
5.1.3.1 SOLUÇÃO39
5.1.4 EXEMPLO 439
5.1.4.1 SOLUÇÃO39
5.1.5 EXEMPLO 540
5.1.5.1 SOLUÇÃO40
5.1.6 EXEMPLO 640
5.1.6.1 DESCONTO EM PORCENTAGEM VERSUS DESCONTO EM UNIDADES MONETÁRIAS41
5.1.6.2 SOLUÇÃO41
5.2 CALCULADORA – EXEMPLO 141
5.3 CALCULADORA – EXEMPLO 242
5.4 SÍNTESE42
UNIDADE 6 – MÚLTIPLOS E DIVISORES42
6.1 CONCEITUAÇÃO42
6.1.1 EXEMPLO43
6.2 CONJUNTOS DOS DIVISORES E MÚL TIPLOS43
6.3 PROPRIEDADE TRANSITIVA43
6.4 NÚMEROS PRIMOS4

MatemáticaSUMÁRIO 6.5 NÚMEROS COMPOSTOS ................................................................................................................................................4

Matemática SUMÁRIO

6.5.1 NÚMEROS COMPOSTOS MAIORES45
6.5.2 ORDEM DOS FATORES45
6.6 MDC46
6.6.1 CÁLCULO46
6.6.2 NÚMEROS PRIMOS ENTRE SI47
6.7 MMC47
6.7.1 EXEMPLO 148
6.7.2 EXEMPLO 248
6.7.3 EXERCÍCIOS48
6.8 SÍNTESE48
UNIDADE 7 – SISTEMAS DE MEDIDAS49
7.1 TIPOS49
7.2 MEDIDAS DE COMPRIMENTO49
7.2.1 EXEMPLOS49
7.3 MEDIDAS DE MASSA50
7.3.1 EXEMPLOS50
7.4 MEDIDAS DE TEMPO50
7.4.1 EXEMPLOS50
7.5 MEDIDAS DE ÁREA51
7.5.1 EXEMPLOS51
7.6 MEDIDAS DE CAPACIDADE51
7.6.1 EXEMPLOS52
7.7 MEDIDAS DE VOLUME52
7.7.1 RELAÇÃO ENTRE CAPACIDADE E VOLUME52
7.8 CONVERSÃO52
7.9 SÍNTESE53
UNIDADE 8 – EXPRESSÕES ALGÉBRICAS53
8.1 CONCEITUAÇÃO53
8.2 VALOR NUMÉRICO53
8.2.1 EXERCÍCIOS54
8.3 TIPOS54
8.4 TERMOS SEMELHANTES54
8.5 SÍNTESE54
UNIDADE 9 – FATORAÇÃO5
9.1 CONCEITUAÇÃO5
9.2 PROPRIEDADE DISTRIBUTIVA5
9.2.1 EXEMPLOS 1 E 256
9.2.2 EXEMPLOS 3 E 456
9.3 EXERCÍCIOS56
9.4 PRODUTOS NOTÁVEIS57
9.4.1 EXEMPLOS57
9.4.2 EXERCÍCIOS57
9.5 DIFICULDADE57
9.6 ADIÇÃO E SUBTRAÇÃO57
9.7 MULTIPLICAÇÃO58
9.8 DIVISÃO58
9.8.1 EXERCÍCIOS59
9.9 SÍNTESE59
UNIDADE 10 – CENÁRIO CULTURAL59
10.1 FILME59
10.2 OBRA LITERÁRIA59
10.3 OBRA DE ARTE59
MÓDULO 260
UNIDADE 1 – EQUAÇÕES DE 1º E 2º GRAUS60
1.1 EQUAÇÃO60
1.1.1 EXEMPLO60
1.1.2 CONCEITUAÇÃO61
1.1.3 RAIZ61
1.1.4 EXEMPLOS62
1.1.5 - GRAUS62
1.1.6 EQUAÇÃO DO 1° GRAU63
1.1.6.1 RESOLUÇÃO63
1.1.6.2 PROPRIEDADES MATEMÁTICAS63
1.1.7 EQUAÇÃO DO 2 GRAU64
1.1.7.1 RESOLUÇÃO64
1.1.7.2 COEFICIENTE C NULO65
1.1.7.3 FÓRMULA DE BHÁSKARA65
1.1.7.4 EXEMPLO 16
1.1.7.5 EXEMPLO 267
1.1.7.6 EXEMPLO 368
1.1.7.7 RESOLUÇÃO POR FATORAÇÃO68
1.1.7.8 EXEMPLO 468
1.1.7.9 RELAÇÕES ENTRE COEFICIENTES E RAÍZES69
1.1.7.10 PROPRIEDADES70
1.1.7.1 EXERCÍCIO70
1.1.7.12 EXEMPLO 571
1.1.7.12.1 RESOLUÇÃO71
1.2 SÍNTESE72
UNIDADE 2 – SISTEMA DE EQUAÇÕES LINEARES72
2.1 CONCEITUAÇÃO72
2.2 SISTEMA COM DUAS E TRÊS VARIÁVEIS72
2.3 SISTEMA INDETERMINADO73
2.4 MÉTODOS DE RESOLUÇÃO73
2.4.1 ADIÇÃO73
2.4.1.1 EXEMPLO 174
2.4.1.2 EXEMPLO 275
2.4.1.3 EXERCÍCIO75

MatemáticaSUMÁRIO 2.4.1.4 EXEMPLO 3 ...................................................................................................................................................................75

Matemática SUMÁRIO

2.4.1.5 EXEMPLO 476
2.4.1.6 EXEMPLO 576
2.4.2 SUBSTITUIÇÃO7
2.4.2.1 EXEMPLO 17
2.4.2.2 EXEMPLO 27
2.4.2.3 EXEMPLO 378
2.4.2.4 EXEMPLO 479
2.4.2.5 EXERCÍCIO80
2.4.2.5.1 RESOLUÇÃO80
2.4.2.5.2 RESOLUÇÃO POR SUBSTITUIÇÃO81
2.4.2.6 MAIS DE UMA SOLUÇÃO81
2.4.2.6.1 EXEMPLO 181
2.4.2.6.2 EXEMPLO 282
2.4.2.6.3 SISTEMA INDETERMINADO82
2.4.2.7 SISTEMA IMPOSSÍVEL83
2.4.2.7.1 EXEMPLO 184
2.4.2.7.2 EXEMPLO 284
2.5 SÍNTESE84
UNIDADE 3 – REGRA DE CRAMER85
3.1 CONCEITUAÇÃO85
3.1.1 EXEMPLO 185
3.1.2 EXEMPLO 286
3.1.3 EXEMPLO 387
3.2 TRÊS VARIÁVEIS E TRÊS EQUAÇÕES87
3.2.1 EXEMPLO 18
3.2.2 EXEMPLO 28
3.2.3 EXEMPLO 389
3.2.4 EXEMPLO 490
3.2.5 EXEMPLO 591
3.2.6 EXEMPLO 691
3.3 SÍNTESE92
UNIDADE 4 – INEQUAÇÕES LINEARES92
4.1 EQUAÇÃO92
4.2 INEQUAÇÃO92
4.3 INEQUAÇÃO ALGÉBRICA93
4.3.1 RESOLUÇÃO COM EQUAÇÃO93
4.3.1.1 EXEMPLO93
4.3.1.2 EXERCÍCIOS94
4.3.2 RESOLUÇÃO SEM EQUAÇÃO94
4.3.2.1 EXEMPLO95
4.4 SÍNTESE95
UNIDADE 5 – REGRA DE TRÊS SIMPLES95
5.1 CONCEITUAÇÃO95
5.1.1 EXEMPLO 196
5.1.3 PROPORCIONALIDADE ENTRE AUMENTO DAS GRANDEZAS97
5.1.4 PROPORCIONALIDADE ENTRE GRANDEZAS97
5.1.5 EXEMPLO 398
5.1.6 EXEMPLO 498
5.1.7 EXEMPLO 59
5.1.8 EXEMPLO 69
5.1.9 EXEMPLO 79
5.2 SÍNTESE100
UNIDADE 6 – REGRA DE TRÊS COMPOSTA100
6.1 CONCEITUAÇÃO100
6.1.1 EXEMPLO 1100
6.1.2 EXEMPLO 2101
6.1.3 EXEMPLO 3101
6.1.4 EXEMPLO 4102
6.1.5 EXEMPLO 5102
6.1.6 EXEMPLO 6103
6.1.7 EXEMPLO 7103
6.1.8 EXEMPLO 8103
6.1.9 EXEMPLO 9104
6.1.10 EXEMPLO 10104
6.1.1 EXEMPLO 1105
6.1.12 EXEMPLO 12105
6.1.13 EXEMPLO 13106
6.1.14 EXEMPLO 14106
6.1.15 EXEMPLO 15107
6.2 SÍNTESE107
UNIDADE 7 – CENÁRIO CULTURAL107
7.1 FILME107
7.2 OBRA LITERÁRIA107
7.3 OBRA DE ARTE107
MÓDULO 3108
APRESENTAÇÃO108
UNIDADE 1 – PROGRESSÃO ARITMÉTICA108
1.1 SEQÜÊNCIA NUMÉRICA108
1.1.1 EXEMPLO109
1.2 PROGRESSÃO ARITMÉTICA109
1.2.1 EXEMPLOS109
1.2.2 TIPOS110
1.2.3 EXEMPLOS110
1.2.4 TERMO GERAL110
1.2.4.1 FÓRMULA1
1.2.4.2 n-ÉSIMO TERMO1
1.2.4.3 EXERCÍCIOS1

MatemáticaSUMÁRIO 1.2.4.4 EXEMPLO 1 .................................................................................................................................................................1

Matemática SUMÁRIO

1.2.4.5 EXEMPLO 2112
1.2.5 SOMA DOS N PRIMEIROS TERMOS112
1.2.5.1 PROPRIEDADE113
1.2.5.2 FÓRMULA113
1.2.5.3 EXEMPLO 1114
1.2.5.4 EXEMPLO 2114
1.2.5.5 EXERCÍCIO115
1.2.5.6 DESCOBERTA DE GAUSS115
1.2.6 SÍNTESE115
UNIDADE 2 – PROGRESSÃO GEOMÉTRICA116
2.1 SEQÜÊNCIA NUMÉRICA116
2.2 PROGRESSÃO GEOMÉTRICA116
2.2.1 RAZÃO NEGATIVA116
2.2.2 EXEMPLOS117
2.2.3 TIPOS117
2.2.4 TERMO GERAL117
2.2.4.1 FÓRMULA118
2.2.5 EXERCÍCIOS118
2.2.6 EXEMPLO118
2.2.7 SOMA DOS N PRIMEIROS TERMOS119
2.2.7.1 PROPRIEDADE120
2.2.7.2 FÓRMULA120
2.2.7.3 EXEMPLO 1121
2.2.8 SOMA DOS TERMOS121
2.2.9 EXERCÍCIOS122
2.3 SÍNTESE122
UNIDADE 3 – JUROS SIMPLES122
3.1 JUROS SIMPLES COMO PA122
3.1.1 FÓRMULA122
3.1.2 CONCEITUAÇÃO123
3.1.3 EXEMPLO 1123
3.1.4 EXERCÍCIO124
3.1.5 EXEMPLO 2124
3.1.6 EXEMPLO 3125
3.2 SÍNTESE125
UNIDADE 4 – JUROS COMPOSTOS125
4.1 JUROS COMPOSTOS COMO PG125
4.1.1 FÓRMULA126
4.1.2 CONCEITUAÇÃO126
4.1.3 EXEMPLO126
4.1.4 EXERCÍCIO127
4.2 SÍNTESE127
UNIDADE 5 – MÉDIA ARITMÉTICA SIMPLES128
5.1 EXEMPLO 1128
5.3 EXEMPLO 3128
5.4 MÉDIA ARITMÉTICA SIMPLES129
5.4.1 EXERCÍCIOS129
5.5 SÍNTESE129
UNIDADE 6 – MÉDIA ARITMÉTICA PONDERADA130
6.1 EXEMPLO 1130
6.2 EXEMPLO 2130
6.3 MÉDIA ARITMÉTICA PPONDERADA131
6.3.1 EXERCÍCIO131
6.3.2 VARIÁVEIS131
6.3.3 EXEMPLO131
6.3.3.1 DIFERENÇA132
6.3.3.2 CÁLCULO CORRETO133
6.3.3.3 OUTRA FORMA DE CÁLCULO133
6.4 SÍNTESE133
UNIDADE 7 – MÉDIA HARMÔNICA134
7.1 EXEMPLO 1134
7.1.1 HARMÔNICO GLOBAL134
7.1.1.1 FÓRMULA134
7.2 EXEMPLO 2135
7.3 MÉDIA HARMÔNICA135
7.3.1 EXEMPLO135
7.3.2 MÉDIA HARMÔNICA PONDERADA136
7.3.2.1 EXEMPLO 1136
7.3.2.2 EXEMPLO 2136
7.3.2.3 EXEMPLO 3137
7.3.2.4 CONCEITUAÇÃO138
7.3.2.5 EXEMPLO 4138
7.4 SÍNTESE138
UNIDADE 8 – MÉDIA GEOMÉTRICA139
8.1 EXEMPLO 1139
8.2 EXEMPLO 2139
8.3 EXEMPLO 3140
8.4 EXEMPLO 4140
8.5 EXEMPLO 5141
8.6 FÓRMULA141
8.7 MÉDIA ARITMÉTICA VERSUS MÉDIA GEOMÉTRICA141
8.7.1 EXEMPLO 1142
8.7.2 EXEMPLO 2142
8.7.3 EXEMPLO 3143
8.8 SÍNTESE143
UNIDADE 9 – CENÁRIO CULTURAL143
9.1 FILME143
9.2 OBRA LITERÁRIA143

MatemáticaSUMÁRIO 9.3 OBRA DE ARTE .................................................................................................................................................................143

Matemática SUMÁRIO

MÓDULO 4144
APRESENTAÇÃO144
UNIDADE 1 – FUNÇÕES ELEMENTARES DE 1° E 2° GRAUS144
1.1 EXPRESSÃO ALGÉBRICA144
1.1.1 VARIÁVEIS144
1.1.2 EXPRESSÕES DE UMA VARIÁVEL145
1.2 EQUAÇÃO145
1.2.1 VALOR NUMÉRICO145
1.3 CORRESPONDÊNCIA146
1.3.1 EXEMPLOS146
1.3.2 CONDIÇÕES PARA FUNÇÃO147
1.3.3 EXEMPLO 2149
1.3.4 EXEMPLO 1150
1.3.5 EXERCÍCIO150
1.4 SEM CORRESPONDÊNCIA150
1.5 COM CORRESPONDÊNCIA151
1.5.1 FUNÇÃO151
1.5.2 FUNÇÃO DO 1º GRAU152
1.5.2.1 EXEMPLOS152
1.5.2.2 FUNÇÃO CRESCENTE153
1.5.2.3 FUNÇÃO DECRESCENTE153
1.5.2.4 FUNÇÃO CONSTANTE154
1.5.2.5 FUNÇÃO IDENTIDADE154
1.5.2.6 RAIZ155
1.5.2.7 EXEMPLO 1155
1.5.2.8 EXEMPLO 2156
1.5.2.9 EXEMPLO 3156
1.5.3 FUNÇÃO DO 2º GRAU157
1.5.3.1 RAIZ157
1.5.3.2 EXEMPLO 1158
1.5.3.3 EXERCÍCIO158
1.5.3.4 EXEMPLO 2159
1.5.3.5 EXEMPLO 3159
1.5.3.6 EXEMPLO 4160
1.5.3.7 EXEMPLO 5161
1.6 SÍNTESE161
UNIDADE 2 – SISTEMA CARTESIANO161
2.1 OBJETIVO161
2.2 PLANO CARTESIANO162
2.3 PAR ORDENADO163
2.4 GRÁFICO DA CORRESPONDÊNCIA164
2.5 GRÁFICO DA FUNÇÃO166
2.5.1 RAIZ OU ZERO DA FUNÇÃO167
2.5.2 EXEMPLO 1167
2.5.4 FUNÇÃO REAL169
2.5.5 EXEMPLO 3171
2.5.6 EXEMPLO 4171
2.5.7 EXEMPLO 5172
2.5.8 EXEMPLO 6173
2.5.9 EXEMPLO 7174
2.5.10 EXEMPLO 8175
2.5.1 EXEMPLO 9176
2.5.12 EXEMPLO 10177
2.5.13 CONCAVIDADE DA PARÁBOLA178
2.5.14 MÍNIMO E MÁXIMO178
2.5.15 VÉRTICE DA PARÁBOLA179
2.5.16 NÚMERO DE RAÍZES179
2.5.17 VALOR DO DELTA180
2.6 SÍNTESE180
UNIDADE 3 – FUNÇÃO INVERSA181
3.1 CONDIÇÕES PARA FUNÇÃO181
3.2 LEI DE CORRESPONDÊNCIA181
3.3 CORRESPONDÊNCIA INVERSA182
3.4 VIOLAÇÃO DA SEGUNDA CONDIÇÃO182
3.4.1 FUNÇÃO INJETORA183
3.4.1.1 EXEMPLOS183
3.5 VIOLAÇÃO DA PRIMEIRA CONDIÇÃO183
3.5.1 FUNÇÃO SOBREJETORA184
3.5.1.1 EXEMPLOS184
3.5.2 FUNÇÃO BIJETORA184
3.5.2.1 EXEMPLOS185
3.5.2.2 FUNÇÃO INVERSA185
3.5.2.3 Y EM FUNÇÃO DE X185
3.5.2.4 EXEMPLO 1186
3.5.2.4.1FUNÇÃO INVERSA186
3.5.2.4.2 BISSETRIZ187
3.5.2.5 EXEMPLO 2187
3.5.2.5.1 FUNÇÃO INVERSA188
3.5.2.5.2 BISSETRIZ188
3.6 SÍNTESE188
UNIDADE 4 – FUNÇÃO EXPONENCIAL189
4.1 CONCEITUAÇÃO189
4.1.1 EXEMPLOS189
4.1.2 BASE NEGATIVA189
4.1.3 BASE IGUAL A 1190
4.1.4 PROPRIEDADES190
4.1.5 CRESCIMENTO EXPONENCIAL190
4.1.6 GRÁFICO191

MatemáticaSUMÁRIO 4.1.7 PAR ORDENADO (0,1)..................................................................................................................................................192

Matemática SUMÁRIO

4.1.8 x NEGATIVO192
4.1.9 BASE ENTRE 0 E 1193
4.1.10 GRÁFICO193
4.1.1 SIMETRIA EM RELAÇÃO AO EIXO y194
4.2 SÍNTESE194
UNIDADE 5 – LOGARITMO194
5.1 EXEMPLO 1194
5.2 EXEMPLO 2195
5.3 CONCEITUAÇÃO195
5.4 EXEMPLOS195
5.5 LOGARITMO VERSUS FUNÇÃO EXPONENCIAL196
5.6 PRIMEIRA PROPRIEDADE196
5.6.1 EXEMPLO 1196
5.6.2 EXEMPLO 2197
5.7 SEGUNDA PROPRIEDADE198
5.8 TERCEIRA PROPRIEDADE198
5.9 PROPRIEDADES199
5.10 QUARTA PROPRIEDADE199
5.10.1 EXEMPLO200
5.1 NOÇÃO DE APRENDIZAGEM200
5.1.1 CURVA DE APRENDIZAGEM201
5.1.1.1 EXEMPLO 1201
5.1.1.2 EXEMPLO 2202
5.1.1.3 EXEMPLO 3203
5.12 RETORNO MÉDIO DE INVESTIMENTO203
5.12.1 PRIMEIRA ABORDAGEM203
5.12.2 SEGUNDA ABORDAGEM204
5.12.3 COM LOGARITMO205
5.13 ESCALA LOGARÍTMICA205
5.13.1 GRÁFICO206
5.13.1.1 APLICAÇÕES206
5.13.1.2 LINEARIZAÇÃO207
5.13.1.3 MUDANÇA DE VARIÁVEIS208
5.13.1.3.1 EXEMPLO 1208
5.13.1.3.2 EXEMPLO 2209
5.13.1.3.3 EXEMPLO 3209
5.13.1.3.4 EXEMPLO 4210
5.13.1.3.5 EXEMPLO 5210
5.14 SÍNTESE210
UNIDADE 6 – CENÁRIO CULTURAL210
6.1 FILME210
6.2 OBRA LITERÁRIA210
MÓDULO 5 – ENCERRAMENTO211
APRESENTAÇÃO211
CONCLUSÃO DO TRABALHO211
AVALIAÇÃO211
FECHAMENTO211
ANEXO212

MatemáticaSUMÁRIO PREENCHENDO O QUESTIONÁRIO DE AVALIAÇÃO ..................................................................................................212

Matemática 13

A Matemática é a ciência que tem por objeto de estudo as relações entre os números, as formas, as grandezas e as operações entre estes elementos.

ANTES DE COMEÇAR Assista, no ambiente on-line, a um desenho animado.

Este material didático de auto-estudo de Matemática é voltado à consulta e solução de dúvidas relativas a problemas matemáticos do cotidiano, informações numéricas, e elaboração e interpretação de gráficos.

Este será um trabalho intensivo, pois você terá pouco tempo de estudo.

Sob esse foco, este material foi estruturado em cinco módulos, nos quais foi inserido o seguinte conteúdo...

Módulo 1 unidade 1: frações unidade 2: conjuntos numéricos unidade 3: potenciação e radiciação unidade 4: razão e proporção unidade 5: porcentagem unidade 6: múltiplos e divisores unidade 7: sistemas de medidas unidade 8: expressões algébricas unidade 9: fatoração

Módulo 2 unidade 1: equações de 1° e 2° graus unidade 2: sistema de equações lineares unidade 3: regra de Cramer unidade 4: inequações lineares unidade 5: regra de três simples unidade 6: regra de três composta

Observação: este material não dá acesso direto à Graduação Tecnológica em

Processos Gerenciais. Ele faz parte de um programa de preparação para o processo seletivo.

MatemáticaABERTURA

Módulo 3 unidade 1: progressão aritmética unidade 2: progressão geométrica unidade 3: juros simples unidade 4: juros compostos unidade 5: média aritmética simples unidade 6: média aritmética ponderada unidade 7: média harmônica unidade 8: média geométrica

Módulo 4 unidade 1: funções elementares de 1° e 2° graus unidade 2: sistema cartesiano unidade 3: função inversa unidade 4: função exponencial unidade 5: logaritmo

Módulo 5 – Encerramento

ATIVIDADES Aqui foi definido o seguinte tipo de atividade...

Exercícios de fixação: cujo objetivo é possibilitar que você verifique até que ponto apreendeu o conteúdo tratado no módulo. Essas tarefas são constituídas de questões objetivas devidamente gabaritadas, além de questões subjetivas que visam à fixação dos conteúdos dos módulos.

SEÇÕES Aqui você poderá navegar pelas seguintes seções...

área de estudos – aqui você terá acesso ao material didático de auto-estudo – aos módulos, às unidades e às seções, onde está estruturada a parte teórica –, além das orientações para os exercícios de fixação. Pela área de estudos, você também poderá acessar os seguintes recursos...

biblioteca virtual – esta área funciona como um centro de recursos multimídia. Neste espaço, ficarão a sua disposição as questões colocadas com mais freqüência pelos alunos que já fizeram esta disciplina, verbetes, biografias, textos, estudos de caso, indicações de filmes, sites...

sala de aula – por ser este espaço interativo, você poderá interagir com os demais candidatos e tirar possíveis dúvidas de conteúdo com o Professor-Tutor.

Matemática 15

Aqui você terá acesso aos seguintes materiais via web... §textos teóricos relativos à temática tratada;

§ atividades diversas;

§jogos didáticos;

§vídeos e desenhos animados;

§textos complementares de diversos tipos;

§biografias das pessoas citadas nos textos;

§verbetes de termos técnicos, conceitos, processos...

§links para diversos sites;

§modelos específicos de documentos.

Todos os direitos reservados. A reprodução não autorizada deste material, no todo ou em parte, constitui violação do copyright – Lei nº 9.610/98. Em relação às imagens que compõem as diferentes telas, ou elas foram criadas pelo FGV Online ou foram capturadas no Corel Gallery™Gallery 1.3 Million, tendo sido a titularidade dos direitos autorais assim definida: Direitos Autorais/Copyright (c) 1999 FGV Online e seus licenciantes. Em relação aos desenhos animados, eles foram criados pela AB2 Comunicação e por Rodrigo Padua, a partir de roteiros criados pelo FGV Online.

DOLCE, O.; IEZZI, G. MURAKAMI, C. Fundamentos de Matemática Elementar, Vol. 2, 9ª. Ed., São Paulo: Editora Atual, 2004.

HAZZAN, S.; IEZZI, G. Fundamentos de Matemática Elementar, Vol. 1, 8ª Ed., São Paulo: Editora Atual, 2004.

LEITHOLD, L. Cálculo com Geometria Analítica, Vol. 1, São Paulo: Editora Harbra, 1994. MUNEM, M.; FOULIS, D. Cálculo, Vol. 1, Rio de Janeiro: Editora LTC, 1982. TAHAN, M. O homem que calculava, 22ª Ed., Rio de Janeiro: Record, 1998. WEBER, J. Matemática para Economia e Administração, 2ª Ed., São Paulo: Editora Harbra, 2001. Sites: http://www.exatas.hpg.ig.com.br http://www.somatematica.com.br

MatemáticaABERTURA

O Moodle é um sistema de aprendizado baseado na web, criado para atividades individuais, em equipe ou orientadas por um Professor-Tutor. Todo o trabalho on-line é feito por meio de um browser.

A maioria das atividades é inserida na área de estudos. Desta seção, você poderá se dirigir a outras seções, tais como a sala de aula – para interagir com seu Professor-Tutor – ou a biblioteca virtual – para ler ou consultar um material.

(Parte 1 de 9)

Comentários