(Parte 1 de 5)

1 Orientação à Objetos

Tópicos abordados

Paradigmas de desenvolvimento

Princípios de O

Conceitos de O Benefícios

Objetivos

Compreender os conceitos básicos de O

Entender as diferenças entre os paradigmas tradicionais

Entender exemplos práticos de utilização de O

Paradigma de Desenvolvimento de Software

Ferramentas, metodologias e ambientes dependem do Paradigma de Desenvolvimento

Paradigma é a “filosofia” adotada na construção do software:

Lógico, Funcional, Procedimental, Orientado a Objetos, etc...

Paradigma Procedimental

Visão de desenvolvimento baseada em um modelo entrada-processamento-saída

Dados são considerados separadamente das funções

Funções, são ativas e têm comporta-mento

Dados são repositórios passivos de informação afetados por funções

Paradigma Procedimental

Processamento

Dados Dados

Dados

Resultado

Paradigma Procedimental

Exemplo: Calcular a folha de pagamento de um departamento

Processamento Custo Total

Salário do Pedro

Salário da Maria

Dependentes da Maria Adiantamento do João

Férias do Antônio

Demissão da

JoanaPrêmio da Helena

Paradigma Orientado a Objetos

Pressupõe que o mundo é composto por objetos

Objeto é uma entidade que combina estrutura de dados e comportamento funcional

Os sistemas são modelados como um número de objetos que se interagem

Paradigma O

Utiliza uma perspectiva mais humana de observação da realidade, incluindo objetos, classificação e compreensão hierárquica

O que é O?

“Orientação à objetos é uma estratégia para organizar sistemas como coleções de objetos que interagem entre si e combinam dados e comportamento”

Princípios básicos de O

Abstração EncapsulamentoModularidade Hierarquia Orientação à Objetos

Abstração

Construção de um modelo para representação de uma realidade

Foco em aspectos essenciais de uma aplicação enquanto ignora os detalhes

Preserva a simplicidade do projeto

Abstração

Construção de um modelo para representar a realidade

Automovel modelo preco ...

atualizaPreco()

(Parte 1 de 5)

Comentários