(Parte 1 de 4)

Apostila de AutoCAD

E 3D Studio max 2.0

Parte I: AutoCAD Release 14

1)Apresentando o AutoCAD 1.1)Barra de Menu 1.2)Barras de Ferramentas 1.3)Caixa de diálogo 2)Pontos básicos do AutoCAD 2.1)Iniciando os comandos 2.2)Comandos a partir dos teclados 2.3)Comandos a partir dos menus 2.4)Comandos a partir das barras de ferramentas 2.5)Sistema de coordenadas 2.6)Usando os recursos dos Osnaps 2.7)Salvando e Encerrando 3)Desenhando em 2D 3.1)Pontos essenciais de Desenho

Desenhando linhas (LINE) Desenhando polilinhas (PLINE) Desenhando círculos (CIRCLE) Desenhando elipses (ELLIPSE) Desenhando arcos (ARC) Desenhando polígonos (POLYGON) Desenhando anéis e áreas sólidas (DONUT) 3.2)Pontos essenciais de edições

Desfazendo comandos (UNDO) Selecionando tudo (ALL) Cancelando comando (Esc) Copiando entidades (COPY) Completando entidades (FILLET) Deslocando entidades (OFFSET) Estendendo entidades (EXTEND) Gerando rotações das entidades (ROTATE) Alinhando as entidades (ALIGN) Movendo as entidades (MOVE) Aparando as entidades (TRIM) Alongando parte das entidades (STRECH) Apagando parte das entidades (BREAK) Criando imagens especulares (MIRROR) Removendo as entidades (ERASE) Produzindo Arrays de entidades (ARRAY) Ajustando a escala de um desenho (SCALE) Chanfrando as linhas (CHAMFER) 3.3)Visualizando um desenho Atualizando a Tela (REDRAW)

Regenerando a apresentação (REGEN) Ampliando o desenho (ZOOM) Os movimentos pelo desenho (PAN) 3.4)Primeiras configurações de desenhos

Definindo o formato e a precisão dos números Definindo fonte de texto Definindo tipo de linha Definindo tipo de ponto 3.5)Técnicas Avançadas de Desenho

Trabalhando com textos (TEXT) Criando áreas hachuradas (HATCH) Acrescentando dimensões a um desenho (DIM) 3.6)Técnicas Avançadas de Edição

Editando as polilinhas (PEDIT) Gerando objetos 3D a partir de 2D (EXTRUDE) Partindo as entidades (DIVIDE e MEASURE) Trabalhando com camadas (LAYER) Alterando entidades dos desenhos (DDCHPROP) Calculando a área de uma região (AREA) Verificando a distância (DIST) 3.7)Ferramentas auxiliares

Definindo a Grade (GRID) Definindo o Modo Snap (SNAP) Identificando os pontos (ID) Acessando o Dos (SHELL) 3.8)Criando uma biblioteca de símbolos

Criando as partes de uma biblioteca (BLOCK) Gravando Blocos em um arquivo (WBLOCK) Inserindo Símbolos em um desenho (INSERT) Separando os blocos (EXPLODE) 4)Trabalhando com as Barras de Ferramentas 5)Configurando o ambiente de trabalho 5.1)Personalizando a barra de menu 5.2)Criando atalhos de teclado 5.3)Personalizando as barras de ferramentas 5.4)Criando novos botões 6)Lendo aplicações externas 7)Plotando um desenho 8)Desenhando em 3D 8.1)Entendendo a terceira dimensão 8.2)O Sistema de Coordenadas 8.3)O eixo Z 8.4)Desenhando objetos tridimensionais 8.5)funções Booleanas (UNION, INTERSECT e SUBTRACT) 8.6)O sistema Word de coordenadas (WCS) 8.7)O Sistema de coordenadas do usuário (UCS) 8.8)Alterando o ponto de visualização (VPOINT) 8.9)Ocultando as linhas (HIDE)

8.10)Dividindo objetos tridimensionais (SLICE) 8.1)Rotacionando sólidos em 3 dimensões(ROTATE3D) 8.12)Espelhando sólidos em 3 dimensões (MIRROR3D) 8.13) As superfícies tabuladas(TABSURF) 8.14) As superfícies delimitadas(RULESURF) 8.15) As superfícies de revolução(REVSURF) 9)Renderizando Sólidos no AutoCAD 14 9.1)Introdução ao Region Modeler 9.2)Acessando o Region Modeler (RENDER) 9.3)Acrescentando luzes (LIGHT) 10)Exportando para o 3D Studio

Parte I: 3D Studio Max 2.0

1)Apresentando o 3D Studio

Barra de menu Painel de Visualização Painel de Comandos Controle de Seleção Restrição dos eixos Trava de encaixe Controle deslizante do tempo da animação Controle de reprodução de animações Controle dos Painéis de visualização 2)Pontos Básicos do 3D Studio

Iniciando os comandos Comandos a partir dos teclados Comandos a partir dos menus Comandos a partir das barras de ferramentas

3)Desenhando em 2D (Alguns Comandos)

Desenhando Linhas (LINE) Desenhando Retângulos (RECTANGLE) Desenhando Donut (DONUT) Desenhando Círculos (CIRCLE) Entrando com Textos (TEXT) 4)Desenhando em 3D (Alguns Comandos)

Desenhando Caixas (BOX) Desenhando Esferas (SPHERE) Desenhando Cilindros (CYLINDER) Desenhando Tubos (TUBE) Desenhando Cones (CONE) 5)Modificando Objetos 6)Criando objetos Lofted 7)Importando Objetos do AutoCAD 14 8)Renderizando um objeto 9)Animação Gráfica 9.1)introdução à animação Gráfica

9.2)Prioridades de movimento ( IK ) 9.3)Animando um objeto importado do AutoCAD 10)Produção de filmes no Formato AVI

Anexo: Introdução às coordenadas e planos em 3 dimensões

O AutoCAD é o padrão da industria para os projetos auxiliados por computador, além de ser o programa mais sofisticado e flexível do mercado. A precisão do AutoCAD é de até 16 casas decimais e nos permite desenhar uma cidade inteira em escala. Com o AutoCAD, podemos economizar horas de repetições tediosas combinando partes de desenhos antigos e também utilizando os comandos poderosos de cópia desse pacote. Com as capacidades de geração de modelos em 2D e 3D, podemos analisar o projeto de forma visual, acrescentar superfícies em 3D aos desenhos, definir fontes de iluminação e adicionar cores, para que os desenhos tenham uma aparência mais realista.

Finalizando, temos o 3D Studio, que é outro programa tão poderoso quanto o AutoCAD, nele também podemos desenhar em 2D e 3D, porém com a entrada de comandos um pouco diferente.O 3D Studio também permite a elaboração de filmes com saída para televisão e para computador no formato “AVI”, dando movimento e uma realidade virtual daquilo que se pretende construir futuramente.

programas é usar o dom que nos foi dado ;o de “tentar, tentare persistir”.
“Todos os dias quando acordo
Não tenho mais o tempo que passou
Mas temos muito tempo

Você tem em mãos um guia para uma etapa significativa na evolução destes programas, não se intimide com o seu tamanho e sua complexidade, pois a única condição exigida para que se aprenda estes dois Temos todo tempo do mundo.”

PARTE I: AutoCAD Release 14 1)Apresentando o AutoCAD

A área de trabalho do AutoCAD possue uma estreita semelhança com os outros aplicativos modernos do Windows, especialmente os que fazem parte do pacote Microsoft Office, como por exemplo o Microsoft Word 7.0. Para a familiarização com o ambiente de trabalho mostraremos a seguir quais os nomes a considerar:

1.1)Barra de Menu

É a primeira linha da tela do AutoCAD, nela encontram-se as opções: File, Edit View, Insert, Format, Tools, Draw, Dimension, Modify e Help

1.2)Barras de Ferramentas

São realmente várias barras com botões de comandos (fig. 1). O AutoCAD 14 elaborou algumas barras de ferramentas que serão acessadas clicando com o botão direito sobre uma barra existente, ou indo no menu View e selecionando a opção Toolbars. Futuramente criaremos nossas próprias barras de ferramentas.

fig. 1

1.3)Caixa de diálogo

Os quadros de diálogo do AutoCAD permitem que muitas respostas e ajustes diferentes sejam selecionados, antes que um comando seja executado. A fig. 2 mostra um exemplo de quadro de diálogo. Mostraremos mais adiante, o modo de aplicação dos quadros de diálogos.

fig. 2

2.1)Iniciando os comandos

O AutoCAD fornece muitos métodos para a entrada de comandos, com o mais básico deles colocando os resultados na área de prompt dos comandos, localizada na parte inferior da tela do AutoCAD. Sempre será necessário saber se o AutoCAD está pronto para aceitar um comando, se está completando uma tarefa, ou se espera a uma consulta. O AutoCAD está pronto para receber comandos, quando o prompt de comandos estiver vazio, como mostrado a seguir:

Command:

Se um comando estiver em processo, o AutoCAD apresenta um prompt solicitando uma entrada de nossa parte, como neste exemplo:

Command: line<enter> From point:

2.2)Comandos a partir dos teclados

O teclado é o mais básico dentre os métodos usados na entrada de comandos. Digitamos o comando desejado e pressionamos ENTER para executá-lo, ou para responder uma pergunta.

Ex. 1: Command: line<enter> From point: (clique o botão esquerdo no lado esquerdo da tela) To point: (clique o botão esquerdo no lado direito da tela) To point: (clique o botão direito)

2.3)Comandos a partir dos menus

Cada vez que selecionamos uma opção de menu, o AutoCAD executa um arquivo de menus chamado de ACAD.MNU. Com esse sistema, não é necessário digitar o comando - o AutoCAD entra o comando por nós.

Ex 2: Command: (Vá ao menu Draw e selecione a opção line) Command: _line From point: (repita o ex. 1)

2.4)Comandos a partir das barras de ferramentas

Neste caso, a entrada de comandos é bem mais direta, porém as barras de ferramentas ocupam um espaço considerável na área de trabalho, então é conveniente deixar apenas os comandos mais usados. Futuramente aprenderemos a personalizar as barras.

Ex. 3:

Command: (Vá até a barra do lado esquerdo e clique no primeiro botão - ) Command: _line From point: (repita o ex. 1) 2.5)Sistema de coordenadas

Seja qual for o tipo de desenho que você cria no AutoCAD, precisa-se de um método sistemático de especificar os pontos. Os pontos definem o ponto inicial, o ponto médio e o ponto final das linhas, o centro dos círculos e arcos e assim por diante. É portanto, primordial que o usuário saiba as noções de plano cartesiano e suas coordenadas, deverá saber também sobre coordenadas polares, coordenadas absolutas e relativas. Na fig. 3, temos uma demonstração de um pano cartesiano e um retângulo desenhado sobre o mesmo.

fig. 3

A seguir mostraremos como trabalhar com coordenadas:

-Cartesiana absoluta: Entraremos ponto a ponto até obtermos a figura desejada.

Ex.4 Command: line<enter> From point: 100,100<enter> To point: 100,200<enter> To point: 400,200<enter> To point: 400,100<enter> To point: 100,100<enter> To point: (clique o botão direito)

Obs: Nota-se que o desenho obtido é um retângulo vermelho semelhante ao da fig. 3.

Neste caso entraremos com as coordenadas em relação ao ponto em que estivermos no momento. Indicaremos para o AutoCAD que a coordenada é relativa usando o sinal de arroba ( @ ) antes da coordenada.

Ex. 5 Command: line<enter> From point: 100,100<enter> To point: @0,100<enter> To point: @300,0<enter> To point:@0,-100<enter> To point: @-300,0<enter> To point: (clique com o botão direito)

No caso das coordenadas polares, a entrada das coordenadas será com uma distância e um ângulo.

Por exemplo, temos a coordenada 5<30, ou seja, a distância é 5 e o angulo é 30°, separados por um sinal matemático.

Ex. 6

Command: line From point: 100,100 To point: 500<30 To point: (clique com o botão direito)

É a mais usada e a mais fácil dentre as coordenadas. Entra-se como no caso das coordenadas polares absolutas, porém com o sinal de arroba antes.

Ex. 7

Command: line From point: 100,100

To point: @50<90 To point: @150<0 To point: @100<30 To point: @150<270 To point: @100<150 To point: @150<180 * To point: (clique com o botão direito)

Ex 8 Repita o ex.7 e no lugar da coordenada que possui o asterisco digite a letra ‘C”.

2.6)Usando os recursos dos Osnaps

O AutoCAD possui um grupo de ferramentas que permitem construções geométricas precisas.

Os Osnaps são usados para identificar direta ou indiretamente os pontos-chave em seus desenhos ou objetos. A barra de ferramenta pode ser exibida clicando com o botão direito do mouse sobre uma barra existente, e colocando um “X” na opção Object Snaps. Surgirá uma barra parecida com a da fig. 4.

fig.4

Ex.9

2.7)Salvando e Encerrando

O usuário deverá criar uma pasta, para melhor organização dos projetos. Uma observação importante que devemos ressaltar, é que os projetos nunca deverão ser trabalhados direto do disquete.

Deverá ser gravado e/ou modificados arquivos direto do disco rígido, os arquivos em disquetes deverão ser usados apenas para locomoção dos arquivos.

Após elaborado o projeto, vá até o menu File na opção Save ou Save As..., escolha a pasta a ser armazenado o arquivo, escolha um nome para o arquivo e clique OK. Obs: Certifique-se de que o arquivo tenha a extensão DWG.

3)Desenhando em 2D 3.1)Pontos essenciais de Desenho

Como foi visto desenhamos uma linha fornecendo dois pontos inicial e final dessa linha. Para se desenhar várias linhas conectadas, basta continuar a designar os pontos finais das linhas.

A diferença é que com este comando se faz várias linhas, porém as mesmas serão uma única entidade.

Outro comando básico, mas importante é o circulo. Eles são usados para representar furos, rodas, hastes, colunas, árvores, etc. Existem vários métodos para se desenhar um circulo e, ao contrário do manual, a construção é rápida e precisa. Vá até o menu Draw e selecione circle. Surgirá então, as opções de entrada.

As elipses são figuras geométricas um tanto complicadas, mas, se você adquirir um conhecimento básico da geometria de uma elipse, o AutoCAD lhe permitirá desenha-las com facilidade. Vá até o menu Draw e selecione a opção ELLIPSE.

O comando ARC é usado para desenhar arcos circulares. Vá até o menu Draw, selecione a opção arc e verifique as opções.

O comando POLYGON é usado para criar polígonos regulares. Você pode desenhar um polígono regular formado por 3 a 1024 lados.

Após chamar o comando, o AutoCAD pede a entrada de alguns dados, entre eles: Number of sides: número de lados Edge/Center of polygon: Você escolherá se deseja definir o polígono especificando o seu centro ou os pontos finais de um lado.

Incribed in circle/ Circumscribed about circle: Se escolher <I>, todos os vértices farão parte do circulo, se escolher <C>, o raio será igual à distância do centro do polígono aos pontos médios dos lados. Radius of circle: Ele pede o raio do circulo

O comando DONUT, desenha anéis sólidos. Vá até o menu Draw e selecione a opção

DONUT. Logo em seguida o AutoCAD pede as seguintes informações:

Inside diameter: diâmetro interno do anel Outside diameter: diâmetro externo do anel center of doughnut: centro do anel

Ex. 10

Ex. 1

3.2)Pontos essenciais de edições

O comando UNDO (desfazer) nos permite reverter passos do processo de seleção de objetos removendo grupos de objetos na ordem inversa em que foram escolhidos.

Entrando ALL (tudo; não são permitidas abreviações) selecionaremos todas as entidades presentes em um desenho, exceto as existentes em camadas imobilizadas ou bloqueadas.

A tecla “Esc” é maneira mais rápida para o cancelamento de comandos em execução. Tecle

“Esc” para retornar imediatamente ao prompt de comando. O AutoCAD não irá se lembrar do conjunto de seleções feita anteriormente, podendo então digitar enter para repetir o mesmo comando.

O comando COPY (copiar) faz cópias de objetos existentes no desenho. Esse comando mas poderoso, nos permite utilizar um objeto de maneira repetida num desenho. Ex. 12

O comando FILLET completa a intersecção de duas linhas. Podemos completar a intersecção de um par de linhas, arcos ou círculos, ou comprimento de uma polilinha Ex.13

O comando OFFSET cria uma cópia de um objeto existente e coloca essa cópia de forma paralela ao original. Especificamos a distância de deslocamento que a cópia deverá apresentar em relação ao original.

O comando EXTEND estende linhas, arcos e círculos até uma linha limite. A linha de limite pode ser quase qualquer outro objeto que esteja visível na tela. Não é possível fazer a extensão até um bloco, porque o AutoCAD não reconhece as localizações dos limites do bloco.

(Parte 1 de 4)

Comentários