(Parte 2 de 10)

tipo_de_retorno nome_da_função (lista de parâmetros) { corpo do código da função }

Para funções sem parâmetros, não haverá lista de parâmetros.

1.6 PALAVRAS RESERVADAS DA LINGUAGEM C

A linguagem C, como todas as outras linguagens de programação, consiste de palavras reservadas e regras de sintaxe que se aplicam a cada palavra reservada. Uma palavra reservada é essencialmente um comando e, na maioria das vezes, as palavras reservadas de uma linguagem definem o que pode ser feito e como pode ser feito.

O conjunto de palavras reservadas especificado pelo padrão ANSI C são as seguintes:

auto Double int struct break Else long switch case Enum register typedef char Extern return union const Float short unsigned continue For signed void default Goto sizeof volatile do If static while

Todas as palavras reservadas na linguagem C estão em letras minúsculas. Como definido anteriormente, a linguagem C faz diferenciação entre letras maiúsculas e minúsculas: portanto, else é uma palavra reservada, ELSE não. Uma palavra reservada não pode ser usada para outro propósito em um programa C. Por exemplo, ela não pode ser usada como nome de uma variável.

UNIDADE 2 – TIPOS DE DADOS, CONSTANTES, OPERADORES E EXPRESSÕES

Variáveis e constantes são manipuladas pelos operadores para formar expressões. Estes são os alicerces da linguagem C.

Ao contrário de outras linguagens de programação, notavelmente BASIC, que possui uma abordagem simples (e limitada) para variáveis, operadores e expressões, a linguagem C oferece muito maior poder e importância a esses elementos.

2.1 NOMES DE IDENTIFICADORES

A linguagem C chama o que é usado para referenciar variáveis, funções, rótulos e vários outros objetos definidos pelo usuário de identificadores.

Quanto aos nomes ou identificadores usados na declaração de variáveis, deve-se considerar as seguintes regras:

• após podem ser seguidos dígitos, letras e underscores;

• evite o uso do '_' no primeiro caractere do identificador de uma variável, pois este tipo de identificadores é de uso do sistema;

• normalmente ao declararmos uma variável esta será inicializada com zero. Não se deve, no entanto, contar que isto sempre seja verdadeiro, portanto inicialize sempre as variáveis.

Aqui estão alguns exemplos de nomes de identificadores corretos e incorretos:

Correto Incorreto count test23 high_balance

1count

Olá! Aqui high..balance

Em C os primeiros 32 caracteres de um nome de identificador são significantes. Isso quer dizer que duas variáveis com os 32 primeiros caracteres em comum, diferindo somente no 33o, são consideradas iguais.

Como você deve lembrar, em C, letras maiúsculas e minúsculas são tratadas como diferentes e distintas umas das outras. Por isso, count, Count e COUNT são três identificadores distintos.

Um identificador não pode ser o mesmo que uma palavra reservada e não devem ter o mesmo nome de uma função – tanto uma função que você tenha escrito como uma função de biblioteca da linguagem C.

2.2 TIPOS DE DADOS Em C, os tipos básicos de dados são:

Tipo Tamanho (em bits) Intervalo char int float double void

-128 a 127 -32768 a 32767 3,4E-38 a 3,4E+38 1,7E-308 a 1,7E+308 sem valor

Ao contrário do que ocorre nas maioria das linguagens de programação, como Pascal, C não possui um tipo para cadeias de caracteres (strings). Para utilizar strings em C é necessário declarar uma variável como sendo um vetor de caracteres. Desta forma para armazenar um nome de 30 caracteres usa-se o seguinte trecho de programa:

deve-se reservar espaço para o final
de string: 0, '\0' ou NULL */

char nome[31]; /*Não se esqueça que além dos 30 caracteres,

2.2.1 MODIFICADORES DE TIPOS

Com a exceção do tipo void, os tipos básicos de dados podem ter vários modificadores precedendo-os. Um modificador é usado para alterar o significado do tipo base para adequá-los melhor às necessidades das várias situações. Uma lista de modificadores é mostrada aqui:

signed unsigned long short

Os modificadores signed, unsigned, long e short podem ser aplicados aos tipos de base caractere e inteira. Entretanto, long, também pode ser aplicado ao tipo double. A tabela a seguir mostra todas as combinações permitidas dos tipos básicos e dos modificadores de tipo.

Tipo Tamanho (em bits) Intervalo char unsigned char signed char int unsigned int signed int short int unsigned short int signed short int long int signed long int unsigned long int float double long double

-128 a 127 0 a 255 -128 a 127

-32768 a 32767 0 a 65535 -32768 a 32767

-32768 a 32767 0 a 65535 -32768 a 32767

-2147483648 a 2147483647 0 a 4294967295 3,4E-38 a 3,4E+38 1,7E-308 a 1,7E+308 3,4E-4932 a 1,1E+4932

A linguagem C permite uma notação simplificada para declaração de inteiro unsigned, short ou long. Você pode simplesmente usar a palavra unsigned, short ou long sem o int. O int está implícito. Por exemplo:

unsigned x; unsigned int x; declaram igualmente variáveis inteiras sem sinal.

Variáveis do tipo char podem ser usadas para armazenar valores outros que são simplesmente o conjunto de caracteres ASCII. Uma variável char pode ser usada também como um “pequeno” inteiro com intervalo de –128 a 127, e no lugar de um inteiro quando a situação não requer números grandes.

2.3 DEFINIÇÃO DE VARIÁVEIS

Para declarar uma variável ou um conjunto de variáveis, basta especificar o tipo e a seguir a lista de variáveis:

<tipo> <nomev> [ {, <nomev> } ] ; float juros; int val = 10; /*declara e atribui o valor 10 à variável val*/ char a = ‘x’; /*declara e atribui o caractere x à variável a*/ double d1, d2, w, z;

Variáveis podem ser globais ou locais. Variáveis globais são aquelas declaradas fora do escopo das funções. Variáveis locais são aquelas declaradas no início de um bloco e seus escopos estão restritos aos blocos em que foram declaradas.

A declaração de variáveis locais deve obrigatoriamente ser a primeira parte de um bloco, ou seja, deve vir logo após um caractere de “abre chaves”, '{'; e não deve ser intercalada com instruções ou comandos.

/* deve ser feita dentro de um bloco*/

{ int val; /* A declaração de variáveis é a primeira coisa que*/ M }

2.4 DEFINIÇÃO DE CONSTANTES

Constantes no C podem ser definidas com a palavra reservada #define, com a seguinte sintaxe:

#define <nome_da_constante> valor

Observe que da mesma forma como nas outras linguagens, uma constante não faz parte do código, ou seja, não gera código. Na verdade uma constante é como se fosse um comando “substituir” existente em quase todos os editores de texto. Por exemplo:

(Parte 2 de 10)

Comentários